Faleceu o Cón. Isidro de Oliveira

Faleceu o Cón. Isidro de Oliveira

imagem de noticiasdecastelodevide.blogspot

Em comunicado, a Vigararia do Clero, Vocações e Ministérios informa que o Senhor nosso Deus, Deus de toda a consolação e Pai de misericórdia, chamou ontem a Si, ao final do dia, no Hospital de Abrantes, o nosso  Illmmo Cón. Isidro de Oliveira.

Natural de Alcaravela, de Casal Pedro da Maia, onde nasceu a 19 de Maio de 1925, filho de Joaquim Lopes de Oliveira e de Rosa Florinda, baptizado a 24 de Maio de 1925, o Cón. Isidro de Oliveira fez o percurso formativo dos nossos Seminários e foi ordenado Presbítero a 15 de Agosto de 1951 na Sé de Portalegre por D. António Ferreira Gomes.

Serviu a Igreja diocesana, logo de seguida e até ao final de 1952, na Paróquia da Sé de Castelo Branco como Coadjutor do Pároco.

Em 7 de Janeiro de 1952 foi nomeado Pároco de Póvoa e Meadas, Paróquia de que serviu até 2015 quando pediu dispensa do ofício e passou a residir na Casa Sacerdotal no Seminário de Portalegre. Entretanto, e sempre cumulativamente, foi Pároco de Montalvão e Pé da Serra de 1970 a 1976 e, depois, Pároco de Castelo de Vide (Sta Maria da Devesa) entre 1976 e 2001.

Foi membro do Conselho Presbiteral em 1981 e 1991 e nomeado Arcipreste em 1993. Ainda em 1993 foi nomeado Cónego Honorário por D. Augusto César A. F. Silva.

Do seu ministério sacerdotal faz parte uma grande dedicação e entrega ao Movimento dos Cursos de Cristandade e ao acompanhamento espiritual.

Mesmo já retirado, e a residir na Casa Sacerdotal, sempre acorreu às solicitações de Sacerdotes ou Comunidades que dele necessitassem.

O primeiro celebrante da liturgia exequial é o próprio defunto que, na morte, celebra a sua participação no Mistério pascal de Cristo na plena experiência do encontro pessoal com o Senhor e Mestre. A Igreja não celebraria, por isso, verdadeiramente, a liturgia exequial senão celebrasse sim a ressurreição de Cristo.

Rezemos por este nosso irmão que abriu as portas da comunhão com Deus a tantos homens e mulheres no baptismo e na Igreja, que acolheu e juntou à mesa da Eucaristia tantos que de Cristo se quiseram alimentar, que acolheu e acompanhou todos os que se quiseram reconciliar com Deus e a Comunidade, que ungiu de bênção e de esperança a vida de tantos e tantas com quem se cruzou e à cabeceira dos quais foi chamado, enfim, que foi Pastor em nome do Único Pastor, Jesus Cristo.

Deus Omnipotente e eterno, Senhor da vida e da morte,
nós acreditamos que a vida do nosso irmão
Isidro de Oliveira, Sacerdote, está agora escondida em Vós;
a sua pessoa, oculta à nossa vista, contemple agora a Vossa beleza e ternura,
e seja iluminada para sempre na luz verdadeira
que em Vós tem a sua fonte inesgotável.

As Exéquias do Illmmo Senhor Cón Isidro de Oliveira, presididas pelo nosso Bispo, D. Antonino Dias, terão lugar amanhã, sábado, dia 10 de Dezembro, pelas 10h30 na Igreja Matriz de Sta Clara, Alcaravela.

*Emanuel Matos Silva, padre, Vigararia do Clero, Vocações e Ministérios

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter