Castelo Branco: GNR resgatou tartaruga africana

 Castelo Branco: GNR resgatou tartaruga africana

O Comando Territorial da GNR de Castelo Branco, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Castelo Branco, resgatou no passado dia 18 de maio, uma tartaruga-de-esporas-africana, Centrochelys sulcata, no concelho de Castelo Branco.

No decorrer de uma ação de patrulhamento, os elementos do NPA foram alertados por um popular que o animal se encontrava na berma da estrada, na localidade de Palvarinho. No seguimento da ação, os elementos deslocaram-se para o local e resgataram o animal, que aparentava estar bem alimentado e sem ferimentos.

informa a GNR

Após diligências policiais, os proprietários foram identificados, tendo sido elaborado um auto de contraordenação por falta de certificado CITES e por o animal não estar marcado.

A GNR recorda que, tratando-se de uma espécie não autóctone com poucos predadores naturais em Portugal, a tartaruga-de-esporas-africana “reproduz-se muito facilmente em estado selvagem, podendo tornar-se um fator de ameaça para a sobrevivência das tartarugas autóctones, uma vez que estão a competir pelo mesmo alimento, e porque podem alterar a genética das restantes espécies.”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter